Celso Affini


Entrevista realizada em: 15/05/2013
Entrevista com Celso Affini - Old School Gamer

Nome: Celso "Defenestrador" Affini
Nascido em: São Caetano do Sul
Residente: São Paulo - SP
Profissão: Docente na área de informática
Hobby: Colecionador de Games, Quadrinhos, Mangás e Animes
Sobre: Um cara sem papas na língua. Sincero até demais, acaba sempre dizendo o que pensa sem se preocupar muito com a opinião alheia (o que pode ser um problema). Tem opiniões fortes e se gosta, gosta; senão é LIXO.
Colecionador e hardcore gamer, desde 1981 vem acompanhado o que o mundo dos games tem a oferecer. Não dando mais atenção às novas gerações, se dedica em aprimorar seus conhecimentos sobre as gerações de games mais importante que existiu: 8 Bits e 16 Bits.
Consoles Preferidos: Atari 2600, Arcade, Master System, Mega Drive, Sega Saturn e Playstation.
Apelido: Adotou o apelido "Defenestrador" exatamente por falar o que pensa. Como nos dias atuais vivemos conversando e interagindo por janelas, ele encontrou a forma certa de expressar em uma palavra o que ele realmente gosta de fazer: "jogar tudo pela janela".
Frases: "Você fala o que quer e ouve o que não quer." / Captain America: Where is the laser? Ultron: Ask the Police
Facebook: http://www.facebook.com/celsoaffini

1- Como surgiu a Comunidade Mega Drive e o Defenestrando Jogos? E qual é o futuro para esses projetos excelentes?

Bem, a Comunidade Mega Drive surgiu em 2004 e nessa época eu nem fazia parte dela, eu só fui parte do grupo em 2010 e depois de muitas histórias eu acabei me tornando moderador (na época era o ORKUT) e depois membro ativo e idealizador de muitas mudanças, mais o grupo em si já tinham muitos administradores e a maioria deles, continuam na ativa e firmes e fortes nesse projeto.

Já o Defenestrando Jogos surgiu à mais ou menos 1 ano, primeiro veio a ideia de fazer um canal de games que trouxesse games antigos, algo mais autentico, já que muitas pessoas dizem conhecer os jogos mas as vezes, parece que nunca jogaram o mesmo. Então a ideia já meio do nome de minha coluna na pagina da Comunidade aonde Defenestro ideias, resolvi usar esse nome como analogia ao fato que quando jogasse algo e gravasse, seria exibido no Youtube então eu estaria "Jogando jogos pela janela" literalmente.


2- Acho que não é exagero dizer que o Mega Drive é seu console favorito. Existe algum outro que você goste bastante?

Com certeza ele e o console que me fez mais feliz, ainda mais pelo fato de eu jogar nele quase tudo que eu jogava nos fliperamas em botecos. Mais outro console que para mim foi fundamental em minha vida foi o ATARI 2600. Esse console fez muita companhia para mim já que eu não tinha muitos amigos então viver aquelas aventuras que o console proporcionava era algo sensacional... E bota imaginação nessas aventuras.


3- Qual jogo do Mega Drive é o teu favorito?

Olha essa é bem difícil de responder tem jogos que joguei mais do que respirei no Mega Drive, então só tem um que posso dizer nessa hora... Ghoul's and Ghost's! Esse com certeza e meu favorito e um jogo que jamais deixaria de jogar.


" A indústria dos games está tão decadente quão Hollywood está, seguindo o mesmo passo cada vez mais se afundam em efeitos e tentam criar algo que e sempre igual e totalmente artificial. "

4- Qual estilo de jogo você mais gosta? E qual não faz diferença na tua vida?

Plataforma com certeza! E o gênero que não só faz diferença alguma como odeio e o Futebol.


5- Sonic ou Alex Kidd?

Sonic


6- Qual é para você o maior erro da Sega em sua história?

O maior erro da SEGA foi o maldito orgulho japonês, que fez com que a SEGA of America e SEGA Japan se desentenderem e começaram a cometer erro após o outro, sem comunicação ambos faziam separadamente projetos que não vingaram ou que eram ousados demais.


7- Pode parecer maldade minha, mas acho que a Nintendo vem errando mais do que acertando do Game Cube para cá. Concorda? Acha que ela pode acabar como a Sega, fazendo jogos para terceiros?

Eu também acredito que a Nintendo está cometendo erros desde o Game Cube, o Wii U e o 3DS não foram essa maravilha toda que eles alegaram, mas ela mantém a chama retrogamer acessa com o virtual console. Então eles poderiam sim acabar como a SEGA.


8- O que você espera das novas gerações de videogames? Qual é a sua expectativa?

Olha, sinceramente não espero muita coisa não. A indústria dos games está tão decadente quão Hollywood está, seguindo o mesmo passo cada vez mais se afundam em efeitos e tentam criar algo que e sempre igual e totalmente artificial. Então que as novas gerações provavelmente vão se dividir em algo que não e mais videogame como conhecemos e que provavelmente uma indústria indie preocupada em continuar com o que diferencia videogame de todo o resto florescerá.


9- Voltando para a Comunidade Mega Drive, infelizmente num dos encontros que vocês fizeram, não pude comparecer. Teremos mais encontros? Qual foi o balanço dos realizados até hoje?

Teremos sim, pelo menos 2 encontros ao ano com consoles, palestras e sorteios de prêmios que recebemos através de doações de algumas pessoas, para que possamos realizar o evento. Olha só o balanço foi muito bom, conhecemos muitos daqueles que acompanham o site e nossa fanpage no Facebook. Conseguimos arrecadar alimentos não perecíveis em eventos chegando a 400 kilos no total. Então, só temos orgulhos desses eventos e continuaremos a realiza-los.


10- Sei que coleciona, quais itens da tua coleção lhe são mais especiais?

Olha no momento meu ATARI 2600 e o mais especial, ainda mais por receber o autografo do Nolan Bushnell que foi um dos criadores do console. Agora ele vale bem mais.


11- Algum conselho para quem coleciona ou pretende colecionar?

Separe muita grana, pois você vai precisar. Fora os contatos e bons preços o que a cada dia que passa se torna mais difícil.


12- Como foi a experiência de gravar uma matéria sobre retrogames e coleção para a TV Cultura?

Cara foi no inicio bem assustador, mais depois saiu bem natural. Fiquei feliz de recepcionar a equipe de TV e o melhor foi durante o melhor encontro que já realizei em todos os tempos. Tivemos a TV, Banda Smash Bros, muitos sorteios e fiz muitos amigos.


13- Algum sonho de consumo?

Recuperar meu NEO GEO cartucho


14- O que tem jogado atualmente? E o que está na fila de espera??

Tenho jogado muito o que o povo lá do canal Defenestrando Jogos escolhe, faço votações semanais e rola algo bem democrático mas, ando jogando Diablo II já que me decepcionei demais com o Diablo III.


15- Vai existir alguma "briga" igual Super Nintendo x Mega Drive no futuro?

Acredito que já está acontecendo, XBOX 360 versus PS3... Não tem a mesma intensidade, mais são pelos mesmos motivos e comparações.


16- Para quem não sabe, você tem um filho, o Murilo. Daqui uns anos ele chega para você e diz: "Pai, o Super Nintendo é muito melhor que o Mega Drive". O que você faz?

Acho que ele tem boa índole e nunca vai dar essa vergonha pro pai dele... hahaha. Mas agora sério, eu quero que ele seja gamer e não "ISTA". Vou tentar jogar um pouco de tudo e deixa-lo de fora dessas brigas que vivi, pois no final não ganhei nada segregando empresas rivais.


17- O que já fez de sacrifício para obter algum jogo/console?

Trabalhar praticamente por uma ano sem gastar dinheiro com nada só para comprar um console. Bem, não era um console era um ADD-ON o SEGA CD.


18- Pode nos contar alguma história triste, engraçada, curiosa relacionada aos games?

Cara teve tantas, mais uma que não esqueço foi a seguinte. Eu estava em um fliperama lá na Praia Grande, uma sorveteria que até hoje está aberta no mesmo local, AVANTI na Rua Florida. E na década de 90 lá tinha pelo menos 3 maquinas de fliperama, então vivia por lá, numa certa noite, jogando Ghoul´s and Ghost´s um menino, uma criancinha começou a chegar e entrar na minha frente, atrapalhando bastante e obviamente xinguei e coloquei ela pro lado. E ele tratou de colar na maquina que meu amigo jogava Street Fighter II só que ele era mais estressado que eu e deu um berrão e lá de fora da sorveteria ouvi um grito: "DEIXA O PETROLINHO JOGAR!".

Olhando para fora um negão de 2 metros entrou no fliperama e falou: "Poh amigão para que tratar a criança assim, deixa ela jogar ai e fica pianinho". Obvio que vi meu amigo se calando com esse cara veio mais não sei mais quantos que praticamente fecharam a porta dizendo: "Poxa vida, o petrolinho só quer jogar, vai vazando ai". Não deu outra, largamos as fichas e siamos de fininho, mesmo eu estando com o pessoal que mora lá era muitos negões para a gente encarar e o tom deles não soou amigável. Então acho que ai está a tristeza, a comedia e o curioso dia que o petrolinho me fez perder a ficha no GNG.


19- Por último, algum desabafo, choro, lamentação, crítica, sugestão, elogio ou recado relacionado ao mundo dos games?

Olha no momento eu só tenho o que agradecer e comemorar por estar começando um canal no Youtbue, mantendo um pagina que fala de um console que ainda é minha paixão e por muitas ideias e projetos que estão por vir. Então a única coisa que não posso deixar de dizer e o seguinte: Temos que manter essa cultura viva, sem perder sua essência mantendo viva a chama que acendeu em nossos corações a tanto tempo.


COMENTÁRIOS

Seu comentário foi enviado com sucesso!

Assim que for aprovado, será exibido aqui!

Obrigado por participar!

Infelizmente seu comentário não foi enviado.

Tente novamente e se o problema persistir, por favor, envie um e-mail: contato@oldschoolgamer.com.br

Patrick Turini Vieira17/05/2013

Muito Show a entrevista, Celso Affini é um cara gente boa d+, com uma coleção de dar inveja, e acompanho o canal dele, e esta de parabéns, por manter essa chama retrogamer viva, também sou colecionador (claro que nem chego aos pés do Celso) e cada matéria que leio ou vejo, fico mais feliz de ter vivido uma época de ouro, com jogos bons, e que dava emoção de jogar e zerar, hoje em dia não é a mesma coisa, pelo menos pra mim!!! parabéns ao OldschoolGamer, que traz sempre matérias de ótima qualidade!!! É isso ai!!!!

Old School Gamer (João)17/05/2013

Realmente Patrick! Celso é gente boa e a coleção dele mto boa!
A comunidade do Mega Drive é sensacional!

Fico feliz que tenha curtido a entrevista e o site!

=)

Istemthebronx17/05/2013

Muito massa a entrevista Old. O Celso ser um cumpade sangue bom, e um dos caras que me orgulho de ter conhecido por causa de videogame, jogador hardcore, e a Comunidade Mega Drive ser para mim a grande responsável pelo meu retorno definitivo aos games, e até hoje tou aê desde essa volta. A coleção do Celso é muito show mesmo, cheia de coisas bacanas, e vale a pena conhecer, no caso ganhei uma aula de Mega Drive pelo Celso em matéria de jogos, pois apesar de ter conhecido primeiro o Mega Drive, meu console que mais joguei e ser meu favorito ser justamente o seu rival Super Nintendo!! Parabéns a usted João por fazer essa entrevista!!! É isso aê!!!

ucolecionador 18/05/2013

mega drive u passado é agora .parabens cara !!!

lgd18/05/2013

Bacana a entrevista Celso, parabéns ao pessoal do site.

JuaReZ20/05/2013

Grande Celsão. Sempre honesto em suas palavras.

Celso Affini21/05/2013

Obrigado aos amigos do oldschoolgamer pelo convite e aos amigos que comentaram. E sempre um prazer falar sobre videogames e pro pessoal que gosta assim como eu.

Old School Gamer (João)21/05/2013

Pô Celso, eu que agradeço! Tenho certeza que assim como eu, a galera curtiu sua entrevista!

Apareça sempre que quiser!

Wilson28/10/2013

Ola, O Celso é tipo uma autoridade em games retro sabe muito, porem eu tenho umas duvidas, colecionar games antigos não é ficar preso ao passado e não evoluir. Um garoto de 16 anos
que tem um Xbox 360 ou Wii vai daqui a 10 anos ou 15 anos ter a mesma saudade que os retro games têm hoje da geração 16 bit, e o Xbox 360 e o Wii e o Ps3 vão ser retro games ou retro consoles. Acho exagero criticar e condenar os consoles atuais eles são importantes para a geração atual, tudo é evolução na vida. Uma outra questão, colecionar games antigos ficou muito caro, um absurdo, tem jogos de Mega Drive e Snes mais caros que os jogos dos consoles atuais, eu gostaria de entrar em contato com colecionadores de games, porem no RJ em São Gonçalo minha cidade colecionismo é coisa rara, ninguém promove nada para fazer uma reunião de gamer, gostaria de conhecer o Celso affini e o U Colecionador que é um cara super animado e muito louco, mais sou do Rio de Janeiro fica complicado, caso alguém do RJ tenha algum interesse em criar uma reunião retro gamer é só me avisar e se for possível eu vou. Gostaria de saber se jogos alternativos vale para uma coleção, um abraço

Celso Affini29/10/2013

Wilson não sou autoridade de nada... Mais tive muitas experiências e vi a industria de games crescer e se tornar o que é hoje.

Então consigo afirmar que talvez essa emoção de que começou lá do ATARI não seja a mesma para o jogador causal de hoje em dia... Lembrando que a maioria dos jogos hoje em dia e online e isso vai ser um grande problema, pois as empresas fecharam seus servidores quando lançarem versões mais atuais de consoles e jogos praticamente, matando o jogo em questão e obvio que ficaram uns gatos pingados jogando em servidores privados, mais mesmo assim pra que alguém vai querer ter ou jogar algo que não tem mais suporte de nada.

Nunca condenei os consoles, mais o andar da carruagem nos leva para um futuro sinistro para os jogos... Sendo que os mais antigos se tornam cada vez mais caros e os atuais, mais a preço de bana e descartáveis.

Cara se você participar de grupos no Facebook como Comunidade Mega Drive, Emulagamers, Retrogamers Brasil, Mega Drive e outros sempre realizamos reuniões e temos vários amigos do Rio de Janeiro e da cidade de São Gonçalo. Procure participar mais de algumas redes sociais que o povo sempre ta realizando algo.

Wilson02/11/2013

Obrigado pela atenção e pela resposta, considero o Celso uma autoridade em Games retro é um cara inteligente e tem muita experiencia acumulada com esses Games maravilhosos da Geração 16 Bits, eu vejo que muitas pessoas que Colecionam games e consoles fazem mais para lembrar coisas do passado e eles tentam viver coisas que não existem mais atraves da sua coleção, tentam viver novamente as experiencias dos anos 90, eu mesmo tenho SAUDADES dos anos 90 do Mega Drive e do Snes a vida era mais leve e colorida tudo era mais facil e divertido, porem, o tempo passa, como dizia Cazuza o Tempo não para. Colecionar games e consoles só para lembrar o passado não acho bom, temos que viver o presente mesmo sendo mais dificil e amargo temos que encarar a realidade da vida de frente, viver é evoluir, felicidade, tristezas, alegrias e sofrimentos fazem parte da vida, temos que ser fortes e cultivar pensamentos positivos e elevados para podermos vencer na vida. Tenho um Ps2 com varios jogos bons, como, Good of War 1 e 2, Black, Kilzone, DarkWatcha que é incrivel, e outros principalmente os Fps, tenho um Gamecube com 26 jogos originais, gosto muito do Fzero, tenho um Wii com 15 jogos originais gosto muito do Sonic Collor muito bom esse jogo, gosto também de Conduit 1 e 2 e de Redsell 2 e outros, o Xbox 360 gosto muito do Quake 4 e de Lost Planet 1, tenho planos de pegar um Nintendo 64 e jogos como Turok 2, Perfc Dark, 007, Sart Fox e outros.
Gosto muito de Games mais a ideia de colecionar é estranho para min, video game é para jogar e curtir, é isso ai, um abraço.

Old School Gamer (João)04/11/2013

Então Wilson, concordo plenamente com você, mas coleciono games por esse motivo sim, pq gosto de lembrar, de reviver.
No entanto, principalmente pq amo videogame e quero ter o maior número deles possível em casa!

Eu adoro game e mesmo achando que mtos clássicos são melhores que alguns atuais, não me fecho para a nova geração.
Recentemente e com muito custo, comprei um PlayStation 3.

Quanto ao Celso, concordo com você e acrescento: "Ele é viado, mas é meu amigo, é baitola, mas é meu amigo...♪♫"