Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992
Por: Alexandre "Dan Gaiden" Moura
Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992

Estamos no ano de 1992 e a febre desencadeada pelo hit da Capcom Street Fighter 2, toma conta do mundo.

Outras empresas ficaram tentadas a tentarem fazer algo semelhante, mas acrescentando algo de original para não serem acusadas de plágio.

Várias tentam fazer algo marcante, contudo apenas a SNK consegue de alguma forma competir com a Capcom no novo mundo dos Fighting Games.

Se Street Fighter 2 foi um marco no gênero, Art Of Fighting foi a revolução. Vários elementos presentes em AOF se tornaram referências para os muitos games que vieram depois, incluindo continuaçãµes da saga de Street Fighter.

Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992

O primeiro game da série Art Of Fighting, foi lançado no ano de 1992 para arcade e Neo-Geo.

Causou muito impacto por sua ambientação realista e pelo tamanho dos sprites dos personagens do jogo.

Todo o jogo mantém certo clima dos filmes de Kickboxe que eram febre nos anos 90.

Os personagens além de grandes e detalhados, procuram fugir um pouco do estereótipo dos lutadores comuns.

Por exemplo: temos o karateka Ryo Sakazaki claro, mas vários outros personagens poderiam estar cruzando contigo na rua e você sequer desconfiaria de que se trata de um poderoso lutador.

Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992
Capa de Art of Fighting

Os cenários retratam bem as várias localidades de uma metrópole, no caso, a fictícia Southtown.

Variam de becos fétidos e escuros (como o cenário do Micky) a um restaurante de alto luxo com vista panorâmica da cidade (cenário da King).

Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992

Os personagens têm movimentação e golpes bem realistas, além de ficarem com o rosto cheio de hematomas conforme apanham. As músicas são ótimas e representam bem cada cenário.

Destaco a canção do cenário do Mac's Bar do Jack e da base militar do John que são ótimas.

A trilha sonora também contém muitos samplers que ajudam a dar uma ambientação mais realista ainda em alguns cenário como o de Micky, que tem sirenes de carros de polícia incluídos na sua música.

O jogo narra o sequestro de Yuri por parte da organização criminosa de Mr.Big.

Yuri Sakazaki é filha de Takuma Sakazaki, lendário lutador, criador do estilo de karatê conhecido por Kyokungenryu.

Takuma foi chamado por essa organização criminosa para trabalhar para eles, mas se recusou.

Como forma de pressioná-lo, eles sequestram sua filha. Desde então, Takuma desaparece de seu Dojo.

Ryo Sakazaki, irmão mais velho de Yuri, e Robert Garcia, namorado da garota, decidem atravessar a cidade em busca de informaçãµes que levem ao paradeiro de Yuri e de Takuma e no meio dessa jornada, eles enfrentam vários lutadores que depois de derrotados, dão pistas que podem elucidar o mistério.

Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992
Capa de Art of Fighting
Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992

A cada 2 lutas, você pode passar por um bonus game, mas eles funcionam de maneira diferente dos bonus games de Street Fighter 2.

Em Art of Fighting você não ganha apenas pontos, mas atributos que influem diretamente no desempenho do seu personagem, assim como em um jogo de RPG!

No bonus game Initiate Death Blow, você ganha o novo golpe Haohshoukouken, após desferí-lo segundo o número de vezes pedido pela CPU, dentro de um certo tempo estabelecido.

No bonus Bottle Cut você ganha um acréscimo de sua barra de Magia, com a qual você pode executar os golpes especiais e no bonus Ice Pillar Smash, você ganha um acréscimo da sua barra de energia vital.

Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992

Lembrando que no modo Story você apenas seleciona os personagens Ryo ou Robert. No modo Vs, você pode selecionar todos os 8 lutadores, número que pode chegar a 10 se você for desafiado por um amigo quando estiver no chefão final, Mr. Karatê, que na verdade, é o personagem Takuma Sakazaki mascarado.

O primeiro game da série Art Of Fighting, foi lançado no ano de 1992 para arcade e Neo-Geo.

Causou muito impacto por sua ambientação realista e pelo tamanho dos sprites dos personagens do jogo.

Todo o jogo mantém certo clima dos filmes de Kickboxe que eram febre nos anos 90.

Os personagens além de grandes e detalhados, procuram fugir um pouco do estereótipo dos lutadores comuns.

Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992
Instruções do jogo
Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992

Além da inovação dos bonus games funcionais, o jogo trouxe a Rage Gauge, uma segunda barra, abaixo da de energia com a qual você poderia utilizar os ataques especiais.

A cada golpe especial aplicado, ela diminui de acordo com a potência de ataque do mesmo, por exemplo: um Haohshoukouken extingue quase que totalmente a Rage Gauge.

Além de ter sido o primeiro jogo de luta 2D a mostrar ferimentos faciais nos personagens, ter zoom nos cenários, bonus games funcionais e uma segunda barra além da de energia, AOF também foi o primeiro game de luta a ter golpes secretos.

Tanto Ryo quanto Robert poderiam aplicar um super golpe que devastava mais de 60% da energia vital do oponente quando estivessem com a energia no danger e a barra de raiva cheia.

Por tudo isso e muito mais, Art Of Fighting da SNK, foi um marco revolucionário na história do jogos de luta e se tornou uma referência. Merece sempre ser revisitado.

Art of Fighting - Arcade - NeoGeo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1992
Ficha Técnica:
Nome: Art Of Fighting (Ryuko No Ken no Japão)
Fabricante: SNK
Ano: 1992
Gráficos: 9,0
Som: 8,5
Jogabilidade: 8,0
Desafio: 8,5
Diversão: 9,0
Alexandre "Dan Gaiden" Moura
Moro no Rio de Janeiro, capital. Sou Supervisor de Qualidade em uma gráfica. E o que eu mais gosto num game é perceber que ele foi feito com cuidado e apuro técnico.

COMENTÁRIOS

Seu comentário foi enviado com sucesso!

Assim que for aprovado, será exibido aqui!

Obrigado por participar!

Infelizmente seu comentário não foi enviado.

Tente novamente e se o problema persistir, por favor, envie um e-mail: contato@oldschoolgamer.com.br

Rodrigo27/09/2013

Fala Alexandre, parabéns pelo seu review que está ótimo, vc conseguiu destacar muito bem todas as inovações que o AOF trouce para os jogos de luta que o sucederam, eu particularmente gosto muito do AOF1 por isso sou suspeito para falar. kkk

AOF1 é um dos poucos jogos de luta que eu gosto de jogar contra a máquina, sempre me surpreende e isso porque não é o Mr.Big que na maioria das vezes consegue ganhar de mim.

Agora falando de música. Vamos fazer uma manifestação pra pedir o A-HA no próximo Rock In Rio ? rsrsrs

Alexandre27/09/2013

Fala Rodrigo. Legal que gostou da análise. AOF é sem dúvida um dos melhores fighting games já criado e lamento que atualmente esteja esquecido até pela SNK Playmore. Quanto ao a-ha, como a banda acabou acho difícil virem em algum Rock in Rio, mas bem que eu gostaria.
Abraço. :)

Lucas de Melo Facó07/12/2013

O lutador tailandês de Muay Thai (Boxe Tailandês) Hwa Jai é uma homenagem da SNK ao personagem Tong Po (intepretado pelo autor belga de origem marroquina Michel Qissi, nascido Mohammed Qissi, e mestre de boxe, caratê shotokan, kickboxing e muay thai) do filme Kickboxer – O Desafio do Dragão (1989).
O lutador australiano de Luta Livre Profissional (Pro Wrestler) Raiden/Big Bear é inicialmente uma homenagem da SNK ao lutador estadunidense de Luta Livre Profissional (Professional Wrestling ou Pro Wrestling) Big Van Vader (Leon Allen White), muito famoso nos anos 1980 e 1990 no Japão.
Bill Kane, Raiden/Big Bear e Hwa Jai eram os principais guarda-costas pessoais e lutadores mais fortes a serviço de Geese Howard (o principal chefe do crime organizado de South Town, o criador e o primeiro anfitrião do torneiro de artes marciais mistas chamado de The King of Fighters organizado na cidade estadunidense de South Town no ano de 1992).

Billy Kane vs Terry Bogard.

Raiden/Big Bear vs Andy Bogard.

Hwa Jai vs Joe Higashi.

A história do torneio de artes marciais mistas "The King of Fighters":
1º: http://culturaneogeo.com/kof.htm

O torneio de artes marciais mistas “The King of Fighters” foi realizado anteriormente por Geese Howard nos jogos Art of Fighting 2 e no primeiro Fatal Fury, e por Wolfgang Krauser em Fatal Fury 2.
No primeiro Art of Fighting ocorre na cidade de Southtown, E.U.A. Ryo Sakazaki e Robert Garcia, os alunos da arte marcial chamada de Caratê Kyokugenryu, procuram encontrar a irmã mais nova de Ryo, Yuri, que foi sequestrada pelo chefe do crime organizado Mr. Big. Os dois caratecas vasculharam a cidade, lutando contra os membros da gangue de Mr. Big, bem como os rivais para o dojo de Caratê Kyokugenryu, procurando informações sobre o paradeiro de Yuri. Depois de Mr. Big é encontrado e derrotado, os dois lutam contra o poderoso Mr. Karate e mal consegue derrotá-lo. Depois, Ryo ameaçar mata-lo antes de Yuri aparece para ele e Robert pedindo-lhes para parar de lutar. Ela diz que o Mr. Karate é seu pai desaparecido Takuma.
Observações: Os membros da gangue de Mr. Big são: o lutador de rua e motociclista Jack Turner, a lutadora de Savate e Muay Thai King, o ex-boxeador profissional Mickey Rogers e o fuzileiro naval e instrutor de combate corpo a corpo John Crawley. Os rivais de Takuma Sakazaki e do dojo de Caratê Kyokugenryu são o mestre japonês do Todoryu Aikijustu Ryuhaku Todoh e o mestre sino-americano de medicina tradicional chinesa e artes marciais chinesas (incluindo os estilos de Kung Fu/Wushu Shaolin do Norte e Garra de Águia) Lee Pai Long.
O segundo Art of Fighting acontece um ano depois dos eventos de Art of Fighting. Geese Howard da série Fatal Fury é visto como um renomado empresário (CEO e diretor executivo da Howard Connection) e o comissário corrupto da polícia da cidade de Southtown. Ele usa a sua posição política como uma frente para ele ser uma importante força do submundo do crime organizado de Southtown, e foi diretamente responsável pelo sequestro de Yuri Sakazaki por membros da gangue de Mr. Big. Ele cria o torneio de artes marciais mistas "The King of Fighters", em que todos os lutadores do jogo anterior entram pela primeira vez, exceto o mestre do Todohryu Aikijustu Ryuhaku Todoh, que é derrotado de tal maneira por Ryo Sakazaki, que ele entrou em um autoexílio para treinar. Além de Geese Howard, três novos personagens também são introduzidos: o estivador mongol e lutador de luta livre (wrestling) Temjin, o ninja japonês Eiji Kisaragi e Yuri Sakazaki. Ryo vence Mr. Big na final do torneio e descobre o que Geese Howard havia feito à sua família e o derrota em batalha após recusar o convite de juntar-se a organização de Geese, mas ele escapa e se esconde no Japão durante um tempo. Ao contrário do primeiro jogo, a maioria dos personagens do jogo são jogáveis no modo história. Mr. Big e Takuma Sakazaki (o pai de Ryo e Yuri) que foram chefes no último jogo são personagens jogáveis nesta edição. Geese Howard é o chefe secreto e o anfitrião do torneio de artes marciais mistas “The King of Fighters”.

Pela linha cronológica da série Art of Fighting (os eventos em Art of Fighting parece ter lugar nos anos de 1978-1979), Mr. Big e John Crawley seriam veteranos das Forças Especiais que atuaram durante a Guerra do Vietnã.
Mr. Big era um tenente coronel das Forças Especiais dos E.U.A chamado James que desenvolveu seu único estilo de luta de bastões com base em artes marciais das Filipinas chamada de arnis/kali/eskrima. James caiu em desgraça após ter sido julgado e expulso do serviço militar por desobedecer ordens superiores ao entrar em território inimigo para resgatar seu melhor amigo John Crawley cujo helicóptero havia sido abatido por fogo antiaéreo durante uma missão de reconhecimento.
Desde então ele passou a viver nas ruas de South Town, quando ainda eram pacíficas, mas logo subiu na hierarquia do crime organizado local, acabando com todos os principais criminosos da cidade e transformando a cidade num verdadeiro inferno. Mas logo uma ameaça ao seu domínio surgiu: Geese Howard também estava começando a construí a sua própria organização, subornando o prefeito e tornando-se o comissário da polícia da cidade. Sentindo o perigo, Mr. Big começou a recrutar capangas para sua gangue, seja por dinheiro ou força nos campeonatos ilegais de briga de rua . Uma vez ele perguntou ao mestre do Caratê Kyokugenryu Takuma Sakazaki para ajudá-lo em seu plano, mas Takuma havia recusado a sua proposta. Depois deste episódio, Mr. Big foi finalmente foi derrotado e derrubado por Geese. Geese, em vez de se livrar de Mr. Big, o manteve a seu lado como seu capanga e segundo em comando.
Apesar do fato de que Mr. Big era um dos subordinados de Geese Howard quando este ainda operava como o comissário corrupto da polícia da cidade de South Town durantes os eventos em Art of Fighting. A maioria dos bandidos do primeiro Art of Fighting (Jack Turner, King, Mickey Rogers e John Crawley) trabalhava diretamente sob as suas ordens. Mr. Big era um dos principais responsáveis de organizar campeonatos ilegais de brigas de rua em South Town para recrutar capangas e gerar fluxo de caixa juntamente com a prostituição, o tráfico de narcóticos e armas de fogo para sua organização criminosa (Desta forma, ele recrutou Jack Turner, King e Mickey Rogers). Ao lado de Geese Howard e Wolfgang Krauser von Stroheim, Mr. Big pode ser considerado como um dos precursores que organizou o torneio de artes marcais mistas "The King of Fighters" que Geese Howard fundaria mais tarde depois que ele retornou em Fatal Fury: King of Fighters, com o torneio de artes marciais sendo usado para mascarar a corrupção, recrutar capangas, eliminar possíveis ameaças e gerar receitas em redes de apostas e jogos de azar. O sequestro Yuri Sakazaki e manter Takuma Sakazaki na linha eram responsabilidades de Mr. Big no dia em que ele estava fazendo o trabalho sujo de Geese Howard em Art of Fighting. Durante os eventos em Art of Fighting 2, sob as ordens de Geese, Mr.Big organizou um torneio ilegal de artes marciais para desafiar a família Sakazaki e tentou secretamente liderar uma rebelião de chefes do crime organizado descontentes contra o domínio de Geese sobre a cidade de South Town. Desde Geese fugiu para o Japão após a sua derrota contra Ryo, ele tinha organizado a sua própria organização criminosa sem a interferência de Geese com o objetivo de aumentar a sua esfera de influência, mas parece em comparação ao poder de Geese ele ainda é considera um peixe pequeno no crime organizado internacional. Embora os dois estão em péssimas condições, Mr. Big aceita a oferta de Geese Howard para entrar no torneio The King of Fighters 1996 disposto a assumir todas as oportunidades que ele pode expandir sua organização relativamente pequena.