Pac-Man - Arcade - Puzzle - 2 Jogadores alternados - Namco 1980
Por: João Carlos Alves
Pac-Man - Arcade - Puzzle - 2 Jogadores alternados - Namco 1980

O ano é 1980. O designer da Namco Tohru Iwatani, num jantar com os amigos, teve a brilhante (e estranha) idéia de criar um jogo, inspirado numa pizza sem um dos pedaços e que parecia uma boca enorme aberta pronta a mastigar algo.

Com essa ideia em mente mais o jogo de palavras (da palavra "taberu" que significar comer, ele chegou a "pakupaku") e com o fato de ter pensado numa popular personagem japonêsa chamada Paku que tinha um apetite voraz, nascia Puck-man.

Puck-man, posteriormente foi chamado de Pac-man, pois a palavra Puck, pode ser confundida com um palavrão em inglês.

Foi a partir desse conjunto de ideias estranhas que surgiu o maior fenômeno dos videogames do século 20.

Um jogo de mecânica simples cujo objetivo primário, é comer todas as mais de 240 "pastilhas" espalhadas num labirinto e sendo perseguido incessantemente por quatro fantasmas que, fazem de tudo para cercarem o comilão.

Nos cantos do labirinto, existem "pastilhas" maiores (uma por canto) que farão Pac-man, ter um poder temporário de derrotar os fantasmas que claro, saem em disparada quando você come uma delas. Eles fogem e por um curto período ficam vulneráveis ao poder de Pac-man.

Quando você passa algumas fases, pequenas animações com o Pac-man e os fantasmas acontecem para dar um tom divertido ao jogo.

E por falar em animações, o sucesso de Pac-man deu origem a um desenho animado que aqui no Brasil teve seu nome alterado (que novidade!) para "O Comilão".

Veja abaixo a abertura do desenho.

Pac-Man - Arcade - Puzzle - 2 Jogadores alternados - Namco 1980

Pac-man é um jogo simples, criado há quase 30 anos atrás e que faz até hoje, muito sucesso sendo campeão de vendas tanto em suas versões originais como nas sequências, hoje mais sofisticadas como Pac-man World 3, ou Pac-man Rally (jogo de corrida com os personagens do jogo).

Pac-man é o jogo que teve mais versões para praticamente todos os consoles de mesa, portáteis, computadores e celulares. Possui versões especiais como se fossem mini-arcades para serem ligados direto na televisão.

O sucesso de Pac-man foi tanto, que outras versões foram criadas a partir da expansão de sua família como Ms. Pac-man e Jr. Pac-man (mulher e filho respectivamente).

Com o passar dos anos, outras foram surgindo e mudando até mesmo o estilo de jogo como Pac-man 2 The New Adventures que é um jogo no estilo "click & point" para Super Nintendo e Mega Drive.

Já que estamos falando em versões de Pac-man, veja o vídeo abaixo da versão para Atari 2600 que foi tão esperada por todos e considerada como um verdadeiro fracasso. (Quem vos escreve jogou muito isso quando criança...)

Versão para Atari 2600

Tohru Iwatani

+imagens

Versão para celulares com Java
Arcade original de Pac-Man
Um dos muitos modelos de mini arcade de Pac-Man
Flyer de Pac-Man
Flyer de Pac-Man
Flyer de Pac-Man
Jogo de tabuleiro de Pac-Man
Um console com Pac-Man e outros clássicos da Namco do tipo "Plug'n Play"
Flyer de Puck-Man

fechar

Pac-Man - Arcade - Puzzle - 2 Jogadores alternados - Namco 1980

A Namco queria produzir um jogo diferente para os arcades da época, que eram repletos de jogos no estilo "shoot'n up" e com temáticas adultas.

Pac-man trouxe crianças e mulheres para os fliperamas e criou um novo seguimento de jogos divertidos para todos os gêneros de jogadores.

O jogo apesar de ter mecânica simples e não utilizar nenhum botão, exige muito raciocínio lógico e pensamento rápido.

A missão de escapar dos fantasmas Blinky, Pinky, Inky e Clyde, os fantasmas do jogo, não é nada fácil e piora com o passar das fases.

Eles ficam rápidos a medida que você vai avançando.

Cada fantasma tem uma atitude diferente, Blinky é o mais rápido, Pinky é imprevisível e procura seguir os comandos do joystick, Clyde é lento e Inky fará tudo pra confundir e quase sempre só circula em volta de Pac-man.

Há alguns anos atrás, um jovem americano chamado Billy Mitchell, conseguiu a façanha de terminar as 256 fases do jogo e fazer 3.333.360 pontos depois de seis horas ininterruptas. Alguém se habilita?

Em 2010, Pac-man completou 30 anos de existência e ganhou uma excelente e criativa homenagem do Google em sua página inicial que você confere clicando aqui.

Pac-Man - Arcade - Puzzle - 2 Jogadores alternados - Namco 1980
Conclusão:

Pac-man foi um dos (senão o maior) clássico dos videogames no século passado, porem jamais deixará de ser bom em qualquer século a frente.

É repetitivo, cansativo, longo e dificil, contudo, divertido e indispensável!

João Carlos Alves
Old School Gamer

Desenvolvedor web, casado, moro em São Paulo e sou pai da Amandinha. Amo Final Fight acima de todos os jogos e Street Fighter II jamais será superado!
@oldschool_gamer

COMENTÁRIOS

Seu comentário foi enviado com sucesso!

Assim que for aprovado, será exibido aqui!

Obrigado por participar!

Infelizmente seu comentário não foi enviado.

Tente novamente e se o problema persistir, por favor, envie um e-mail: contato@oldschoolgamer.com.br

Leandro09/11/2013

Eu só fui conhecer essa versão na década de 90. Antes eu só tinha conhecimento da versão do Atari e adorava!!! O único problema que eu vejo mesmo é os fantasmas piscando o tempo todo. Na época de ouro do Atari no Brasil, não me recordo de ninguém que não se divertia com esse game.