The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994
Por: Alexandre "Dan Gaiden" Moura
The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994

Vamos voltar no tempo. Mais precisamente no ano de 1994.

Um ano marcante para a indústria de games, e em especial, para a SNK.

Neste ano ela lançou vários jogos que se tornaram clássicos, entre eles: Art Of Fighting 2, Samurai Shodown 2 e The King Of Fighters 94.

De longe KOF 94 era o que tinha os piores gráficos destes 3 games, mas ele tinha duas grandes novidades que fez ele ser muito mais jogado do que estes outros dois títulos: misturar o universo de Art of Fighting e Fatal Fury e ter times de 3 lutadores pra se escolher.

A principal atração era mesmo a união da turma de Ryo Sakazaki com a turma de Terry Bogard, mas a SNK também resgatou personagens de antigos jogos como Psycho Soldier e Ikari Warriors.

The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994

O jogo é até que bem equilibrado.

Não há personagens que se tornem inúteis devido a apelações, mas o time de AOF, reconhecidamente até pela SNK é muito superior a todos os outros.

Até Haohshokouken sem barra os personagens podiam executar!

O desafio do jogo é mediano, se você quiser realmente sofrer jogue do level 6 em diante.

O boss (chefe), como não poderia deixar de ser é o colecionador de estátuas Rugal Bernstein, o organizador do torneio deste ano.

Geese (Fatal Fury), o criador do torneio, apenas observa tudo que acontece as escondidas, como Krauser (Fatal Fury 2).

The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994

Eles só viriam a dar as caras na série KOF na versão do ano de 96.

Rugal, um milionário maluco e muito excêntrico e que dominava os estilos de luta de Geese e Krauser, tinha uma mania muito peculiar: colecionar estátuas dos melhores lutadores do mundo, mas não eram estátuas de cera, não! Ele empalhava os lutadores que derrotava!

Em suma: ele criou o torneio, resumindo grosseiramente, para aumentar sua coleção de estátuas e como ninguém quer virar estátua empalhada na coleção de um maluco, todos caem na porrada e a pancadaria, é a melhor parte do jogo!

Os gráficos são de regulares para ruins, na minha opinião. Os personagens e cenários são em baixa resolução, embora tenham bastante detalhes.

The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994

O cenário do time do México (Art of Fighting Team) é lotado de sprites de personagens fazendo figuração, porem sua coloração em tom pastel predominante, fere os olhos!

Um dos cenários mais bonitos é o do time da Itália (Fatal Fury Team). O reflexo das poças d'água é muito bem feito.

Os cenários são bem concebidos, mas mal realizados. Tirando o da Itália, também gosto dos cenários da Coreia e do Brasil.

As músicas são muito boas! KOF 94 tem considerada por muitos a de melhor trilha sonora, seja em OST como em AST.

Não tem nenhuma música ruim na trilha! Ouço o CD de AST's do jogo do começo ao fim, sem enjoar.

Capa de The King of Fighters 94
The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994

Os efeitos sonoros também são ótimos.

As vozes dos personagens de Fatal Fury e Art of Fighting foram aproveitadas dos jogos anteriores, mas isso não conta como ponto negativo.

Deu até um charme a mais.

A jogabilidade é nota 10! Os comandos saem com perfeição incrível e o sistema de jogo é simples e cativante.

Os personagens de Fatal Fury e Art of Fighting dispõem de todos os seus golpes originais e isso ajuda quem já os conhecia de seus jogos de origem.

Para executar um golpe especial secreto você tem duas escolhas: encher a barra de power, segurando os botões A,B e C juntos ou esperar sua "life meter" ficar vermelha.

The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994

Executando um golpe secreto com a barra de power cheia e o "life meter" vermelho você irá tirar bem mais energia.

Aliás quando você enche sua barra de power, qualquer golpe comum e especial tira muita mais energia (em KOF 95 isso fica um absurdo!).

O jogo é até que bem equilibrado.

Não há personagens que se tornem inúteis devido a apelações, mas o time de AOF, reconhecidamente até pela SNK é muito superior a todos os outros.

Até "Haohshokouken" (golpe dos Sakazaki) sem barra os personagens podiam executar!

The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994

O desafio do jogo é mediano, se você quiser realmente sofrer jogue do level 6 em diante.

O boss (chefe), como não poderia deixar de ser é o colecionador de estátuas Rugal Bernstein, o organizador do torneio deste ano.

Geese (Fatal Fury), o criador do torneio, apenas observa tudo que acontece às escondidas, como Krauser (Fatal Fury 2).

Eles só viriam a dar as caras na série KOF na versão do ano de 96.

Primeiro você enfrenta um Rugal enfraquecido, que não solta nenhum ataque especial, mas que tira muita energia com ataques comuns.

Dois chutes fortes e sua life meter já fica vermelha.

The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994

Prá vencê-lo nessa primeira etapa tem um macete estúpido que funciona com qualquer personagem, exceto Athena (porque ela tem um pulo muito alto): pule num dos cantos da tela executando o golpe com C+D (o ataque explosivo).

Depois de enfrentar um Rugal fracote, você o enfrenta numa versão mais "encapetada", quase como sua versão Omega Rugal de KOF 95, mas com menos apelações.

Também há vários macetes para derrotá-lo, como ficar em posição defensiva e esquivando todos os ataques dele, esperando sua aproximação.

Quando ele tiver chegando, execute uma rasteira com chute forte e continue assim até detoná-lo.

Personagens como Andy e Athena que tem uma rasteira de alcance curto tem mais dificuldades para executar esse macete.

The King of Fighters '94 - Arcade/Neo Geo - Luta - 2 Jogadores - SNK 1994
Conclusão:

The King of Fighters 94 tem um altíssimo valor de longevidade como todo excelente jogo de luta.

Com combos simples, mas eficientes e uma ótima trilha sonora, mesclados a personagens clássicos e carismáticos, KOF 94 entrou definitivamente para a galeria de clássicos dos "fighting games"!

É um jogo que merece sempre ser revisitado!

Alexandre "Dan Gaiden" Moura
Moro no Rio de Janeiro, capital. Sou Supervisor de Qualidade em uma gráfica. E o que eu mais gosto num game é perceber que ele foi feito com cuidado e apuro técnico.

COMENTÁRIOS

Seu comentário foi enviado com sucesso!

Assim que for aprovado, será exibido aqui!

Obrigado por participar!

Infelizmente seu comentário não foi enviado.

Tente novamente e se o problema persistir, por favor, envie um e-mail: contato@oldschoolgamer.com.br

perse28/01/2014

É o melhor jogo que joguei na minha vida!!!Nostalgia );